Decoração – Símbolos do Natal

Postado em 09 de dezembro de 2019

 

Árvore de Natal: junto com Papai Noel, é um dos maiores símbolos natalinos A árvore é símbolo da vida, nascimento, crescimento e união. O costume de ornamentar a árvore pode ter surgido do hábito que os druidas tinham de decorar velhos carvalhos com maçãs douradas para as festividades deste mesmo dia do ano. Árvore de Natal cheia de bolas e outros enfeites representa os frutos do que desejamos e prosperidade.

 

A primeira referência a uma “Árvore de Natal” é do século 16. Na Alemanha, famílias ricas e pobres decoravam árvores com papel colorido, frutas e doces. Esta tradição se espalhou pela Europa e chegou aos Estados Unidos pelos colonizadores alemães. Logo, a árvore de Natal passou a ser popular em todo mundo.

 

Estrela: estrelas sempre foram vista como “bússolas naturais” das pessoas. Eram elas que indicavam a direção, o sentido, o porto seguro. A estrela significa o brilho e a luz do próprio Deus em nossas vidas, iluminando o nosso caminho e mostrando a rota a ser seguida, sempre na prática do bem e da verdade. Suas quatro pontas indicam as quatro direções da Terra – leste, oeste, norte e sul -, simbolizando não só a presença de Cristo em todo o universo.

 

A estrela também pode significar vitórias, oportunidades, sucesso, sorte e prosperidade durantes as festas natalinas e para o ano que irá começar. Estrela é símbolo de fama.

 

Presentes: dar presentes ou mandar presentes aos amigos e pessoas queridas é uma forma de desejar boa sorte e prosperidade. Trocar presentes no início do ano era comum em muitos povos e representa solidariedade e bondade humana.

 

Ter uma Árvore de Natal decorada e cheia de presentes dentro de casa pode ser usada para atrair o que desejamos para nossas vidas. Podemos usar as cores dos presentes para atrair uma determina energia:

 

Vermelho: vitalidade, movimento, amor e paixão

Rosa: ternura, romance e amor

Amarelo: oportunidades, riqueza e sabedoria

Branco: espiritualidade, paz e amor

Verde: saúde e riqueza

Dourado: fama, riqueza e sucesso

Prata: sucesso, fama e brilho

Azul: calma, paz e harmonia

Laranja: comunicação, vitalidade e alegria

Roxo: poder e fama

 

Papai Noel: o mais conhecido símbolo do Natal é o Papai Noel, a figura sorridente e simpática do bom e gordo velhinho de barbas brancas, com sua roupa vermelha e botas pretas. Sua origem está ligada a São Nicolau, um bispo que viveu no século 4, na cidade de Mira, na Ásia Menor. Conta-se que na época do Natal, todos os anos, este bispo costumava auxiliar os pobres, presenteando especialmente as crianças, enquanto dormiam.

 

Podemos usar a imagem do Papai Noel com o trenó e/ou saco cheio de presentes para mentalizar o que desejamos ganhar em nossas vidas no ano que vai começar.

 

Vela: Por milhares de anos, até a descoberta da energia elétrica há 100 anos, a vela, a lamparina, o lampião a óleo e as tochas foram as fontes de luz nas trevas noturnas. A minúscula chama afugentava as trevas e a escuridão, dando segurança e calor. Por isso, na antiguidade, alguns povos chegaram a cultuar o fogo como divindade. Representam a presença do próprio Jesus no meio de nós, a grande luz que veio para iluminar o mundo, para iluminar a vida de todos os homens. Lembram o que ele mesmo disse: “eu sou a luz do mundo, quem me segue não anda nas trevas!”.

 

Algum comentário?
26/01/2020 12:28:24