Mulheres de Talento!

Postado em 08 de março de 2014

 

Erin Brokovich é um filme biográfico, que conta a vida de uma mulher solteira, com três filhos e desempregada que, para sobreviver, vai trabalhar como arquivista em um escritório de advocacia. Lá ela descobre que uma empresa de energia elétrica está contaminando a água de uma pequena cidade da Califórnia com substâncias tóxicas.

 

Ela trabalhou durante cinco anos reunindo provas para abrir uma ação judicial contra essa companhia e ganhou a causa. A atriz que a representou no cinema foi Julia Roberts e pelo se desempenho neste filme ela ganhou o Oscar de melhor atriz em 2001. No Brasil o filme recebeu o título de Erin Brokovich – Uma mulher de talento.

 

O talento das mulheres aparece naturalmente naquilo que elas se propõem a fazer ou nas profissões que escolhem seguir: médicas, advogadas, administradoras, empresárias, políticas, motoristas, dirigentes de escolas de samba, operárias, babás, síndicas. Cada uma, a seu modo, tem sua forma própria de se guiar em sua escolha.

 

O dia 8 de março é dedicado à mulher. Essa data foi oficializada pela ONU em 1975, e determinada como “Dia Internacional da Mulher”.

 

A data foi escolhida por que nesse dia, no ano de 1857, em Nova York, 129 tecelãs morreram carbonizadas no galpão da fábrica em que trabalhavam. Elas faziam uma greve por melhores condições de trabalho e foram trancadas dentro da fábrica que depois foi incendiada.

 

A data foi criada para que se realizassem debates, reuniões e conferências, cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual.

 

Hoje as mulheres ocupam cargos públicos, presidem empresas, dirigem indústrias, são empreendedoras, ao mesmo tempo em que são mães, esposas, filhas, avós. Estão sempre atentas as necessidades familiares, deixando fluir a emoção e o carinho por aqueles que lhes são caros.

O dia 8 de março não é apenas o dia da mulher, mas é um dia em especial, no qual podemos parar e refletir sobre todas as barreiras que foram vencidas para que conseguíssemos ser bem sucedidas na carreira que escolhemos seguir sem perder a feminilidade e o direito de ser feliz.

 

Para homenagear as mulheres, nesse dia tão especial, trazemos o poema Mulher escrito por Ilsa da Luz Barbosa:

 

 

Mulher

Ilsa da Luz Barbosa

 

Você que busca no dia a dia sua independência, sua liberdade, sua identidade própria;

Você que luta profissional e emocionalmente, para ser valorizada e compreendida;

Você que a cada momento tenta ser a companheira, a amiga, a “rainha do lar”;

Você que batalha incansavelmente por seus próprios direitos e também por um mundo mais justo e por uma sociedade sem violências;

Você que resiste aos sarcasmos daqueles que a chamam pejorativamente, de feminista liberal e que já ocupa um espaço na fábrica, na escola, na empresa e na política;

Você, eu, nós que temos a capacidade de gerar outro ser, temos também o dever de gerar alternativas para que a nossa Ação criadora, realmente ajude outras mulheres a conquistarem a liberdade de Ser…

 

 

Algum comentário?
26/10/2020 03:22:40