Suelly Singer estampa o especial Consciência Negra

Postado em 20 de novembro de 2013

 

Suelly Singer queria ser bióloga quando criança, mas foi no palco que se realizou. Suelly Silva adotou o nome de Suelly Singer (singer é cantora em inglês) e tem como ídolos Whitney Houston, Tina Tuner, Glória Gaynor e Aretha Franklyn. Além de cantora é compositora, mas foi na Banda do Monte Castelo que começou a cantar em bailes, onde aprendeu a perder a timidez. Hoje ela faz parte da Band It, uma big band de Mogi das Cruzes, que está ganhando um grande espaço e acabou de gravar seu primeiro DVD. Suelly diz que quando está no palco esquece todos os problemas, que a Suelly Silva desaparece e entra em cena a Suelly Singer artista. Ela passa uma sensação de tranquilidade e alegria para as pessoas e adora sentir isso. Diz que a música faz parte da sua vida e que a arte expressa seus diversos afetos. Suelly disse que já sofreu preconceitos por ser negra no Ensino Fundamental, onde as crianças não mediam as palavras e sempre a faziam chorar.

 

Ela acredita que hoje as pessoas estão menos ignorantes, mas que o preconceito ainda existe e sempre tem uma situação diferente. Quando indagada sobre a cota para negros nas universidades Suelly Singer diz ser contra. “Sinceramente acho desnecessário. Esse sistema tira a oportunidade de pessoas mais capacitadas, que estudam dia e noite para conseguir uma bolsa (independente da raça). E o pior, tira a credibilidade do negro, nos torna incapaz de conseguir entrar em uma faculdade ou trabalho. Nos tornam limitados, e só nos rebaixam. Na minha opinião todos nós, independente da raça ou credo somos capazes de fazer qualquer coisa quando queremos.”

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: Eduardo Romano

 

.

Algum comentário?
16/06/2019 12:17:15