Tag Archive

2013 agenda amor aniversário beleza brasil carnaval casal cinema colunista concurso copa cultura decoração desfile diesel ensaio entrevista especial evento famosos festa filme fotos gastronomia globo lançamento livro Moda mogi música namorados natal noite peça premio primavera revista saúde show spfw suzano são paulo teatro verão

Drew Barrymore lança linha de cosméticos

Drew Barrymore resolveu apostar em seu lado businesswoman em nova empreitada de beauté. Depois da experiência como o rosto de marcas como Lancôme e CoverGirl, a atriz se prepara para lançar sua própria linha de cosméticos batizada de Flower, o mesmo nome de sua produtora, em parceria com o grupo internacional Maesa.

 

 

 

Desenvolvida ao longo do último ano, aproveitando a agenda mais tranquila de Barrymore por conta da gravidez de sua primeira filha Olive, a marca promete unir fórmulas e embalagens de alto padrão com preços reduzidos, todos entre US$ 5 e US$ 14. Os mais de 180 produtos – entram aí cuidados com cores para o rosto, olhos, lábios e unhas – serão vendidos com exclusividade nos endereços e no e-commerce da rede norte-americana Wal-Mart a partir de janeiro de 2013. A previsão para os negócios é boa: estima-se que a novidade arrecade US$ 50 milhões em vendas só em seu primeiro ano.

 

Fotos: Divulgação

 

 

.

Jean Paul Gaultier traz as novas versões de Verão 12/13 para Classique e Le Male

“A cidade quente, verão na cidade …

Saia e encontre uma garota

Chegue mais, chegue mais e dance a noite toda

Apesar do calor que vai ficar tudo bem … “

cantava o Lovin Spoonful.

 

 

Para o Verão de 2012, os perfumes de Jean Paul Gaultier nos convidam ao deleite com o calor de um mundo urbano botânico, onde a natureza extrai sua força do metal.

 

Para as edições sazonais de verão, a decoração dos frascos e latas de metal de Classique e Le Male foi inspirada pelas impressões da coleção de verão 2011, e pelo conjunto de Elle Déco desenhado por Jean Paul Gaultier, onde o designer decidiu “convidar a vegetação para entrar.” As paredes foram adornadas com um imenso jardim, criando uma selva “verdantinosa”!

 

As fragrâncias (composições semelhantes às de 2011):

 

Edt Jean Paul Gaultier Classique Summer Vapo

Na nota de topo, a rosa flerta com a flor de laranjeira, intensificada com uma pitada de raspas de clementina siciliana.

A nota média é um puro bouquet floral de jasmim Sambac, ylang-ylang, madeira de lírio do vale e íris branco.

A inebriante nota de fundo mistura baunilha, almíscar fresco e absoluto com âmbar bôtanico.

 

Colônia Jean Paul Gaultier Le Male Summer Vapo

Uma intensa sensação de frescor, estimulante e revigorante, perceptível a partir das primeiras gotas de spray.

As notas frescas e aromáticas foram acentuadas: lavanda, hortelã e cardamomo.

As notas verdes das folhas e da grama recém-cortada são mais assertivas.

E as notas de fundo de baunilha, almíscar e sândalo permanecem inalteradas.

 

 

Preço sugerido ao consumidor:

 

Edt Jean Paul Gaultier Classique Summer Vapo, 100 ml – R$ 339,00

Colônia Jean Paul Gaultier Le Male Summer Vapo, 125 ml- R$ 318,99

 

.

Diesel convida pais & filhos para momento único

A Diesel realiza, no dia 05 de dezembro, uma tarde especial na flagship dos jardins. Em meio a um clima de festa infantil, a marca lança sua coleção Kids e convida uma seleta lista para vivenciar um momento único sob as lentes do new fotógrafo Mario Velloso, empresário e cantor que descobriu na fotografia uma nova paixão.

 

Entre os nomes que serão fotografados por Mario, junto com suas crianças, vestindo Diesel Kids, estão: Luciana Nascimento, Janaina Barbosa, Carolina Amorim, Camila Magalhães, Fernanda Kanner, Giuliana Kaufmann, Camila Vicintin e Maria Vicintin.

 

As fotos, um registro único entre mãe & filho, serão realizadas na loja e enviadas para a casa de cada um dos convidados, como um presente de Natal exclusivo que a Diesel oferece para a família.

 

Para mais informações: www.diesel.com

Diesel @ Jardins

Rua Haddock Lobo, 1573 – São Paulo

(11) 3061-9873

 

.

Editora LeYa lança em novembro “Mensalão“ o novo livro do historiador Marco Antonio Villa

Obra narra com detalhes o desenrolar do maior escândalo de corrupção da história do Brasil, o julgamento e a condenação dos principais envolvidos no “projeto criminoso de poder”, segundo as palavras do ministro do STF Celso de Mello. 

 

 

O ano era 2005. E o governo de Luis Inácio Lula da Silva. Omais irônico é que os petistas tinham durante anos e anos se notabilizado pelo discurso da ética e da moralidade. No dia 15 de maio, o povo brasileiro descobriu um novo jargão: “mensalão”. Um vídeo amador vazou na mídia mostrando Mauricio Marinho, um alto funcionário dos Correios, recebendo propina em troca de favorecimento político, que segundo ele, era coordenado pelo até então deputado federal, pelo PTB, Roberto Jefferson. Este, um show man de primeira linha, conseguiu reverter o quadro e de facilitador do esquema, virou um defensor da justiça e denunciou os envolvidos numa rede de pagamentos de mesadas em troca de apoio político, que segundo ele, partia de homens fortes ligados ao presidente Lula. Entravam na dança José Dirceu, ministro da Casa Civil e braço direito do presidente, José Genuíno, presidente nacional do PT, Delúbio Soares, tesoureiro do partido e Marcos Valério, um publicitário que aparentemente era o homem do dinheiro do esquema.

 

O governo Lula estava maculado. Muitos dos envolvidos foram cassados ou exonerados de seus cargos, para preservar a inocência do homem do povo que se dizia traído. Era apenas o início de uma novela que depois de sete anos – de tentativas desesperadas de obstrução da justiça e de farpas entre políticos – chegou ao seu final.

 

 

 

 

O esquema, que foi denominado nos autos do processo, como uma “complexa organização criminosa” enraizada no governo, usava dinheiro público desviado principalmente do Banco do Brasil. A organização criminosa tinha três núcleos, de acordo com a Procuradoria-Geral da República: o publicitário, sob o comando de Marcos Valério; o financeiro, dirigido pelo Banco Rural e o político sob a chefia de José Dirceu, à época do escândalo o todo poderoso ministro da Casa Civil e chamado pelo presidente Lula de “capitão do time”.

 

A editora LeYa lança em novembro “Mensalão”, novo livro do historiador Marco Antonio Villa. Nesta obra, Villa narra a história do maior esquema de corrupção da história política do Brasil e o julgamento dos envolvidos no Supremo Tribunal Federal. Depois de anos de discursos inflamados, discussões, cassações, choro e desabafo, finalmente essa história chegou ao fim. Os principais envolvidos no “projeto criminoso de poder” de “macrodelinquência governamental”, nas palavras do decano do STF , o ministro Celso de Mello, foram condenados. Venceu a ética e a democracia. E perderam os mensaleiros e corruptos. Em resumo: quem ganhou foi o Brasil.

 

 

Título: Mensalão – O julgamento do maior caso de corrupção da História Política brasileira

Autor: Marco Antonio Villa

Formato: 16 x23 cm

Nº de páginas: 392

Preço: R$ 39,90

 

O maior transatlântico do litoral brasileiro, o MSC Fantasia

No Porto de Santos o navio MSC Fantasia estreou no Brasil com uma grande festa para convidados com a presença da apresentadora Xuxa Meneghel, madrinha brasileira da frota da MSC Cruzeiros, além de diversas celebridades, autoridades e representantes do UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância); instituição parceira da empresa. Grande atração da temporada 2012/2013 no Brasil, o transatlântico é o mais grandioso já construído por um armador europeu e será o maior navio a operar na história do Brasil com uma infraestrutura nunca vista no país: além da impressionante capacidade para 4.363 hóspedes, tem mais de 25 mil m² de áreas comuns, com cinco piscinas, 12 hidromassagens, cinco opções de restaurantes, 20 bares e lounges, discoteca, boutiques, joalherias, squash, quadra poliesportiva, pista de jogging, cinema 4D, simulador de Fórmula 1, entre outras atrações imperdíveis. Na Europa, sua madrinha é a lendária atriz italiana Sophia Loren.

 

Fotos: Divulgação

 

 

 

LeYa Brasil lança Box especial com histórias das canções de Chico Buarque e Tom Jobim

De autoria de Wagner Homem e de Luiz Roberto Oliveira, as obras mergulham nas letras e histórias de Chico Buarque e Tom Jobim, símbolos da música popular brasileira.

 

Os livros Histórias de Canções Chico Buarque, de Wagner Homem, e Histórias de canções Tom Jobim, este em parceria com Luiz Roberto Oliveira, serão parceiros em um único box de luxo, lançado pela editora LeYa. O escritor Wagner Homem, que é responsável pelo site de Chico Buarque, se vale do seu conhecimento para nos contar, com detalhes, episódios que explicam as canções dos músicos. Nos livros, além de explicações sobre o contexto histórico e pessoal de cada música e histórias de suas principais parcerias, conhecemos um pouco mais sobre grandes artistas como Vinicius de Moraes, Gilberto Gil, Caetano Veloso, João Gilberto, Elis Regina, Toquinho entre outros grandes nomes que marcaram a música brasileira.

 

 

Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim nasceu no bairro da Tijuca, em 1927. Poderia ter sido arquiteto, mas a paixão pelo piano mudou o rumo de sua vida e consequentemente a história da MPB. Chico nasceu bem depois, em 1944, e com 9 anos já sabia ou imaginava o que poderia ser no futuro: em recado à Vovó Heloísa, quando saía do Brasil para morar com a família na Itália, disse Olhe, vozinha, não se esqueça de mim. Se quando eu chegar aqui você já estiver no céu, lá mesmo veja eu ser um cantor de rádio. E acabou sendo muito mais que isso.

 

 

Histórias de canções Tom Jobim e Histórias de Canções Chico Buarque mergulham na história de grandes ícones brasileiros e ainda servem para presentear os ouvintes de boa música. O box, que será lançado pela LeYa em novembro, conta causos inesquecíveis, como o da música Garota de Ipanema, foi composta para um musical de Vinicius que se chamaria Blimp    e que ao contrário do que se pode pensar a canção brasileira mais executada no mundo não enriqueceu os compositores.  Enquanto Chico, que em suas músicas demonstrava um forte vínculo com o período histórico do país e foi um dos porta-vozes contra a ditadura, nunca assumiu quem era sua musa para a música Morena dos Olhos dágua, dava a deixa para suas irmãs que diziam que, ao terminar a composição, várias mulheres receberam uma ligação de Buarque, dizendo que elas haviam sido a fonte de sua inspiração.

 

 

O Box Histórias de Canções Chico Buarque e Tom Jobim celebra, em grande estilo, uma das parcerias mais inesquecíveis da música popular brasileira.

 

 

Ficha técnica

Título: Box Histórias de canções Chico Buarque e Tom Jobim
Autor: Wagner Homem e Luiz Roberto Oliveira
Preço: R$ 79,90

www.historiasdecancoes.com.br

 

 

Patrícia Eroles no lançamento do site Gil Fuentes

Lançamento do livro “F1 Oppus” reúne Ronaldo Fenômeno e CEO da Fórmula 1

O lançamento do livro “F1 Oppus”, que aconteceu nessa quinta-feira no Hotel Transamérica, em São Paulo reuniu nomes de peso. Com 37kg e 285 páginas, ele reúne fotos inéditas sobre os principais pilotos e toda a história do GP. Trata-se também do maior livro fotográfico sobre o assunto. A edição de luxo nasceu da parceria entre a editora Toriba e a inglesa Opus e terá apenas 100 exemplares.

 

 

A edição número 1 do livro faz um tour pelos países onde o GP é organizado, sendo o Brasil sua terceira parada. A ideia é que o exemplar acompanhe o circuito até o final de 2013 e então seja leitoado. Ronaldo, Bernie e Viviane Senna autografaram o livro, que já recebeu um lance de US$ 150 mil, de um empresário brasileiro. “Gostaria de ter esse livro, mas o lance ficou muito caro”, brincou Ronaldo na coletiva de imprensa. A renda será revertida para instituições assistenciais em todo o mundo. No Brasil, o projeto escolhido foi o Instituto Ayrton Senna.

 

Fotos: Mirella Mentone

 

Lançamento da coleção Verão Dewa

Andrea Matarazzo lança livro de fotos de São Paulo

Andrea Matarazzo lança seu livro São Paulo pela editora Cosac Naify, com fotos e textos feitos pelo autor. O evento aconteceu na Livraria Cultura no Conjunto Nacional , Durante os anos em que foi secretário municipal das Subprefeituras em São Paulo, Matarazzo adquiriu um vício: fotografar a cidade. Inicialmente feitas como registro de problemas nos bairros para que suas soluções fossem providenciadas, as imagens foram, aos poucos, se transformando em fotos contemplativas desta cidade pela qual ele tem grande paixão. O livro São Paulo reflete o sentimento de Matarazzo pela capital que acolheu sua família – imigrantes que vieram da Itália ao Brasil em 1886 –, e traz as fotos tiradas pelo autor com seu celular, assim como textos que ele mesmo fez de São Paulo, onde vive e trabalha desde que nasceu. A obra foi editada por Charles Cosac, presidente da editora Cosac Naify.

 

Fotos: Divulgação