Entrevista – Thelma Pezzuol Marin

Postado em 21 de abril de 2020

 

Teste positivo. Thelma é assintomática e está bem

 

 

Thelma Pezzuol Marin é secretária do Prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, e esposa do Secretário de Esportes e Lazer, Arnaldo Marin Junior, o Nardinho.

Ela contraiu o Covid-19 e é assintomática. Passa bem e está de quarentena em sua casa.

 

 

Como foi descobrir que foi contaminada pelo Covid-19?

Thelma Pezzuol Marin – Na quarta-feira passada (15) fiz o teste do Covid-19 apenas por desencargo de consciência, pois nem passava por minha cabeça que poderia estar contaminada.

No mesmo dia saiu o diagnóstico, dando positivo. Fiquei muito nervosa e muito preocupada com a possibilidade de ter transmitido o vírus para as pessoas que tanto amo.

 

 

Mesmo sem sintomas não tem ou teve medo?

Thelma Pezzuol Marin – Bem, senti dor de cabeça, cansaço, mas nunca imaginei que poderia ser sintomas da doença. Senti medo, lógico, a alguns anos atrás fiquei internada para a retirada de um câncer e ter que voltar a um hospital me apavora. Você sempre pensa no pior, principalmente depois de saber que várias pessoas de nosso convívio se infectaram e algumas até vieram a óbito.

Senti medo também de ter ocasionado a transmissão do vírus para as pessoas mais próximas, como minha afilhada e meu marido, mas graças à Deus, eles fizeram o teste no dia seguinte e deu negativo.

 

 

O que mudou na sua vida?

Thelma Pezzuol Marin – Você começa a dar mais valor à vida e passa a acreditar na solidariedade humana, estamos todos cuidando uns dos outros e essa é a melhor defesa diante da pandemia.

 

 

Muitas pessoas ainda não acreditam. O que dizer?

Thelma Pezzuol Marin – Você acredita que nunca passará por isso, mas não sabemos quando e nem onde podemos nos infectar. Esse é um inimigo invisível que está ao seu lado e você não o vê.

Então, precisamos pensar nas pessoas idosas e as que estão no grupo de risco, pois para elas o vírus pode ser fatal, e precisamos pensar também que se você contrair o vírus e não souber da contaminação, poderá infectar pessoas ao seu lado, independentemente da idade, chegando até ao óbito.

 

 

 

Thelma com o marido, Arnaldo Marin Jr., o Nardinho

 

 

Você estava tomando todas as preocupações?

Thelma Pezzuol Marin – Sim, tomei todos os cuidados possíveis, como higienização das mãos e da casa, uso de máscara, evitei a aproximação das pessoas, ambiente ventilado…, mas não foi o suficiente.

 

 

Vai voltar à rotina assim que se recuperar do Covid-19?

Thelma Pezzuol Marin – Passando o prazo de contágio, que são os 14 dias, me sentindo bem, sem sintoma algum e o teste dando negativo, acredito que posso voltar à rotina normal.

 

 

O que tem a dizer para as pessoas que ainda não acreditam nessa pandemia?

Thelma Pezzuol Marin – Precisamos de serenidade e consciência. O momento não é de pânico, mas de cuidado e responsabilidade. Não precisamos criar mais problemas do que já temos, só precisamos adotar o isolamento. Estamos todos diante do mesmo desafio. Ensinem suas crianças e cuidem de seus idosos e se puderem fiquem em casa.

 

 

E sobre as fake news?

Thelma Pezzuol Marin – É importante ter cuidado ao procurar informações e conselhos. Não caiam em promessas enganosas de pessoas mal-intencionadas, hoje é o que mais se tem, que utilizam do pânico da população para lucrarem. Procurem sempre orientação médica.

 

 

Algum comentário?
03/12/2020 03:52:37